Aprenda como anunciar no Facebook sem desperdiçar dinheiro

Quer saber como anunciar no Facebook sem desperdiçar dinheiro? Está se questionando como configurar uma campanha de publicidade do Facebook bem-sucedida?

Se você está pensando nisso, é importante que saiba desde já que, para evitar aqueles erros comuns que custam tempo e dinheiro, é preciso compreender os fundamentos da publicidade no Facebook. Com esse artigo você descobrirá como anunciar no Facebook, criando campanhas de publicidade eficazes.

Mas afinal de contas, como anunciar no Facebook sem desperdícios?

Para responder a essa pergunta, vamos dar algumas dicas fundamentais para sua estratégia de Marketing relacionada ao Facebook. Acompanhe!

Decida onde o Facebook Ads se encaixa na sua estratégia de Marketing

O primeiro passo para quem quer saber como anunciar no Facebook de forma efetiva é desenvolver um plano de ação vinculado a uma estratégia de marketing. Sem um plano de ação estruturado você estará dando tiros no escuro, sem uma ideia clara do que pretende com esse Marketing ou quem pretende alcançar.

Para auxiliar na definição de sua estratégia, responda a estas perguntas:

  • Qual é o seu objetivo com publicidade no Facebook? Você quer gerar novos Leads para o seu negócio, vendas para sua loja de e-commerce ou assinantes no seu blog?
  • Você já possui um tráfego consistente no seu site?
  • Você tem uma lista de e-mails? Em caso positivo, está ativo? Quantas pessoas possui em sua lista?
  • Você tem condições de criar conteúdo exclusivo sobre a sua empresa/indústria?

Essas perguntas permitem uma reflexão inicial essencial para o próximo passo. As reflexões geradas a partir dela começam a responder o “como anunciar no Facebook” que falamos no início.

Estratégias de publicidade no Facebook

Se você está pronto para definir os detalhes da sua estratégia de marketing, confira as três estratégias de publicidade no Facebook que você pode usar.

  1. Fornecer conteúdo gratuito para instigar o seu público:

O marketing de conteúdo é uma das maneiras mais eficazes de diferenciar o seu negócio e reativar o interesse daquelas pessoas que estavam distantes. Foque no desenvolvimento de um conteúdo valioso e gratuito que possa entreter, educar ou inspirar o seu cliente ideal. Para aplicar essa estratégia, podem ser utilizados vídeos, postagens em blog, distribuição de cupons, e muito mais.

  1. Engajar as pessoas na sua lista de e-mail:

Sabia que transmitir sua mensagem através do Facebook e por e-mail é duas vezes mais eficaz em termos de publicidade? Marque presença nessa rede social e envie e-mails marketing de qualidade para seus clientes ou futuros clientes. Vale aquela máxima: quem não é visto não é lembrado.

Essa é uma dica simples mas essencial sobre como anunciar no Facebook de forma efetiva, em conjunto com o e-mail marketing.

  1. Redirecionar os visitantes do site:

Se você instalar o pixel do Facebook em seu site, você pode segmentar as pessoas que visitaram recentemente a sua página. Somado a isso, é possível criar um públcio-alvo de pessoas que se envolveram com o seu conteúdo de vídeo ou página do Facebook. Com essa audiência definida, pode-se executar campanhas de resposta direta para esse público, a fim de promover seus produtos e serviços.

 

Com a estratégia de anúncios no Facebook definida, deve-se partir para a configuração de uma campanha de sucesso.

Como configurar uma campanha de sucesso?

O que está achando desse conteúdo sobre como anunciar no Facebook?

Depois de definir a estratégia de anúncios, chega o momento de configurar uma campanha de sucesso. Quer ver como? Vamos listar o passo a passo:

#1: Escolha um objetivo de campanha baseado na sua estratégia de marketing

A estrutura completa de uma campanha de publicidade no Facebook consiste em três níveis: a campanha, a configuração de anúncio e o anúncio. Mas é no primeiro nível, na campanha, que está baseado seu anúncio.

É no nível de campanha que você escolhe o seu objetivo, que é a ação que você quer que as pessoas tenham ao ver o seu anúncio. O Facebook possui três categorias objetivas: consciência, consideração e conversão.

O objetivo que você selecionará dependerá da sua estratégia. A título exemplificativo, digamos que você siga uma estratégia com foco em conteúdo. Como o vídeo é atualmente o tipo de conteúdo de Facebook mais efetivo, você pode coordenar campanhas específicas com o objetivo de Visualização de Vídeos (Video Views).

Se você quer coordenar uma campanha de redirecionamento para mandar as pessoas do Facebook para o seu site, você pode optar tanto pelo objetivo de Tráfego quanto pelo objetivo de Conversões, dependendo qual ação específica você espera que as pessoas tenham.

A melhor forma de determinar seu objetivo de campanha é focar no seu objetivo final da estratégia de marketing. Se seu objetivo maior for gerar vendas para o seu e-commerce, por exemplo, você poderia oferecer às pessoas 10% de desconto na primeira compra, a fim de instiga-los a concluir a compra.

Ao invés de fornecer o código de imediato, leve as pessoas do Facebook para o site onde eles devem interagir, de alguma forma, para receber o cupom. Como você espera que as pessoas tomem um tipo determinado de ação, o objetivo de campanha mais apropriado é o de Conversão.

#2: Construa um público-alvo ideal

O segundo estágio na estrutura de campanha são as configurações de anúncio, que especifica como o seu anúncio vai rodar.

Como anunciar no Facebook

Direcionar é um dos elementos mais importantes da sua campanha. O direcionamento deve ser bem feito, para que a campanha não tenha uma performance ruim. Há três formas de definir a seu público:

Direcionamento com base em demografia ou interesses

Se quiser um jeito mais simples de como anunciar no Facebook, a dica é direcionar sua campanha para um público específico é usar as opções de demografia e interesses. Essa abordagem é geralmente usada para direcionar a campanha para pessoas que ainda não tenham interagido com o seu negócio.

Aqui você pode escolher dados demográficos como localização, idade, gênero e linguagem:

Público Alvo

Na sessão mais detalhada é possível escolher o direcionamento com base em milhares de interesses, comportamentos e muito mais.

Não há regra de quão grande seu público deve ser. Normalmente você alcançará os melhores resultados com o direcionamento básico utilizando uma abordagem em camadas. Para isso, escolha uma mistura de interesses e comportamentos para zero em seu cliente ideal.

A título exemplificativo, imagine que você é um varejista de artigos luxuosos para casamento. Inicie segmentando pessoas que tenham interesse em casamentos e coisas relacionadas a casamentos.

Público Alvo 2

Em seguida, restrinja o seu público usando a condição “e”. Clique em “Estreitar Público” e selecione o evento da vida em que as pessoas anunciaram o noivado.

Finalmente, considere colocar nas camadas uma variável financeira, como o nível de renda, e um comportamento de compra, como compradores de marcas de grife.

Defina um público-alvo composto por pessoas que tenham familiaridade com o seu negócio

O público-alvo permite que você direcione campanhas para pessoas que tenham tido alguma interação com o seu negócio no Facebook, site ou e-mail marketing.

Esse público-alvo pode entregar alguns dos melhores resultados já que eles fazem parte de um grupo de pessoas que já conhecem, gostam e confiam no seu negócio.

Público Personalizado

Quando você cria um público-alvo, você pode escolher uma de quatro categorias:

  • Arquivo de Cliente:

Com o arquivo de Cliente você pode fazer o upload ou importar uma lista de informações para o Facebook checar quais dessas pessoas estão no Facebook. É possível tanto fazer o upload da lista quando copiar e colar o arquivo.

Esse público personalizado é excelente se você possui dados de clientes ou possíveis clientes, já que você pode direcionar suas campanhas especificadamente para esse grupo!

  • Tráfego do Website:

Essa customização é realizada baseada na atividade das pessoas no seu website. Para acompanhar as ações dos visitantes do seu site, utilize o pixel do Facebook e o rastreamento de conversões.

Você pode criar diferentes públicos-alvo personalizados de acordo com as páginas que as pessoas visitaram, quanto tempo elas gastaram nessas páginas e as ações que elas tomaram.

Vejamos um exemplo. Se o seu objetivo macro for aumentar as vendas de produtos e você decidiu executar uma campanha de redirecionamento para lembrar as pessoas de concluírem o pedido. Para fazer isso, basta criar um público-alvo baseado naqueles que chegaram ao evento “adicionar ao carrinho” e “fazer check-out, mas não comprar”.

Esse tipo de público é ideal para redirecionar os visitantes do site.

  • Atividade no Aplicativo:

Esse público-alvo permite que você inclua pessoas que tenham completado uma ação específica no seu aplicativo. É similar ao tipo anterior, sendo a única diferença o fato de captar as ações tomadas pelas pessoas no aplicativo, e não no site.

  • Engajamento no Facebook:

Essa variável baseada no engajamento inclui as pessoas que interagiram com o seu conteúdo no Facebook. Atualmente, você pode selecionar entre quatro modalidades de engajamento: vídeo, Lead Ad, Canvas e Página.

 

É importante notar que diferentes customizações de públicos-alvo possuem diferentes taxas de correspondência. Um público-alvo de listas de clientes só pode ter uma taxa de correspondência de 50% a 75%, já que nem todos se inscreveram em sua lista de e-mails, ou nem todos compraram os seus produtos, com o mesmo endereço associado ao Facebook.

Por outro lado, o público-alvo baseado nos vídeos assistidos tem uma taxa de 100% de correspondência, tendo em vista que o conteúdo está contido no próprio Facebook. O mesmo acontece para o público customizado de acordo com o engajamento.

#3: Crie e Teste o seu Ad Creative

A última etapa da estrutura da campanha é o nível do anúncio. É o anúncio que o seus clientes e público em geral verão.

É aqui que deve ser escolhido o formato de anúncio e a criatividade do mesmo, incluindo-se as imagens, vídeos, texto de notícias, URLs, texto do link de exibição e um botão de chamada para ação (conhecido como call-to-action).

O aspecto que o seu anúncio terá no Facebook vai depender da sua estratégia de publicidade, objetivo da campanha e o formato de anúncio.

Alguns objetivos podem restringir os formatos de anúncios que você pode usar. O objetivo baseado em visualizações de vídeo, por exemplo, permite que você escolha tão somente formatos de anúncios de vídeo.

Todos os outros objetivos de publicidade permitem que você escolha entre cinco formatos de anúncio diferentes: carrossel, imagem única, vídeo único, slideshow e tela.

A melhor prática de publicidade através do Facebook Ads é criar vários anúncios à medida em que você executa a sua campanha. Não crie um anúncio gráfico único, crie vários para testar as variações de formato. Com isso, você consegue melhorar sua performance ao longo da campanha.

Introduza novos anúncios quando o índice de relevância de seus anúncios atuais diminuir, o que pode ocorrer em decorrência da alta frequência do anúncio (o que faz com que as pessoas vejam o mesmo anúncio repetidas vezes). Isso faz com que a sua campanha continue a gerar resultados.

Quer ver um exemplo de como anunciar no Facebook mantendo os resultados da campanha? Você pode iniciar uma campanha de redirecionamento (destinada a aumenta as vendas) com um anúncio básico de imagem única, o formato de anúncio mais comum. Quanto a pontuação de relevância começar a diminuir, o que eventualmente ocorrerá, você tem várias opções:

  • Divida o teste de imagem: Crie outro anúncio de imagem única, mas dessa vez com uma imagem diferente.
  • Divida o teste da cópia: Duplique o anúncio, mas altere a cópia.
  • Divida o teste do formato de anúncio: Introduza um novo anúncio, mas com um formato diferente (talvez um anúncio de vídeo?).

Um erro muito comum e que acaba gerando muito desperdício de dinheiro e tempo é finalizar a campanha e iniciar uma nova. Se o seu primeiro anúncio estava funcionando, não pare: apenas introduza novos anúncios.

Antes de criar as suas campanhas de publicidade no Facebook, dedique-se à definição da sua estratégia de campanha e analisando como o Facebook Ads pode lhe ajudar no crescimento do seu negócio.

E aí, entendeu como anunciar no Facebook sem desperdícios?

O que achou dessas dicas? Compartilha conosco!

 

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *